Influências na minha jornada com Deus

Padrão

Além daqueles descritos nos livros Heróis da Fé e O Livro dos Mártires segue abaixo uma lista de alguns daqueles que influenciam na minha jornada com Deus. Apesar de não concordar com tudo que muito deles falaram, de cada um pude reter muito daquilo que sei hoje e que me ajudou bastante nessa caminhada profunda.

ImagemA foto acima representa o que chamo de convergência teológica: uma rede de pensamentos visando transformação e desenvolver o senso crítico.

Abraham Joshua Heschel

Alan Hirsch

AW Tozer

Baxter Gruger

Billy Graham

Bob Jones

Brennam Manning

Bruxy Cavey

C. J Mahaney

Conrad Grebel

CS Lewis

Dallas Willard

Dalton Thomas

Darin Hufford

David Du Plessis

David J. Bosch

David H. Stern

David Wilkerson

Derek Prince

Dietrich Bonhoeffer

Ed Stetzer

Eugene Peterson

FF Bruce

Francis Chan

Francis Schaeffer

Frank Viola

G. K. Chesterton

George Eldon Ladd

James Dunn

Joachim Jeremias

Hans Rookmaker

Heide Baker

Henri Nouwen

Howard Snyder

Jack Deere

J.R Tolkien

Jim Wallis

João Calvino

John Howard Yoder

John Piper

John Stott

John Walker

John Wimber

Jon Zens

Jonathan Wilson-Hartgrove

Jorge Himitian

Juan Carlos Ortiz

Jürgen Moltmann

Karl Barth

Lance Lambert

Leo Tolstoy

Leoard Ravenhill

Leonard Sweet ‏

Lois Tverberg

Loren Cunningham

Martin Luter King Jr.

Martinho Lutero

Martyn LLoyd Jones

Menno Simons

Michael Sattler

Mike Bickle

Miroslav Volf

Neil Cole

NT Wright

Paul Cain

Paul David Tripp

Peter Hoover

René Padilla

Richard Foster

Rick Joyner

Scot McNight

Shane Claiborne

Stanley Hauerwas

Stephen Kaung

T. Austin Sparks

Terry Virgo

Timothy Keller

Todd Hunter

Tony Campolo

Watchman Nee

Wayne Jacobsen

William Lane Craig

William Young

Wim Rietkerk

p.s Omiti brasileiros pois a lista é maior ainda.

Movimentos do Espírito de Deus na história que muito me influenciaram, apesar de eu não me denominar em nenhum deles eu aprendi com vários pontos. Muitas vezes me inclino para um ou mais deles, concordando com alguns pontos, divergindo em outros. Existe um ditado que gosto muito: “Não jogue o bebê fora junto com a água suja”.

Não coloquei em ordem cronológica.

1. Moravianos

2. Anabatistas

3. Reforma Radical

4. Reformadores do Séc XVI

5. Movimento de igrejas missionais, simples, orgânicas.

6. Movimento de discipulado

7. Chuva Serôdia

8. Menonitas

9. Valdenses

10. Precursores da reforma protestante

11. Grandes Despertamentos anglo-americanos

12. Movimento de Santidade

13. Pietismo

14. Puritanismo

15. Beyond Evangelical

16. Red-Letter Christians

17. Novo Monasticismo

18. Teologia do Reino

19. Movimento Vineyard

20. Monergismo x Sinergismo

21. The Confessing Church

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s